sensação de mundo acabando

A newsletter mais sem assunto possível começando mais uma das últimas semanas de 2023

sensação de mundo acabando
Photo by David Wirzba / Unsplash

Vocês já tiveram a sensação de que as coisas estão acontecendo mais rápido? E de repente a gente tá sendo empurrado pra fora da existência? Eu sinto isso de vez em quando. O que me faz intensificar um pouco mais o ritmo da vida. Tenho assustado algumas pessoas com atitudes inusitadas. E tem sido isso. Não tenho muito pra contar dessa semana.

Como preciso dormir e não tenho o que compartilhar, vou compartilhar alguns esboços que fiz de coisas que eu queria escrever.

O dia do chato

Se não existisse gente chata existiria menos 90% debate no mundo. É preciso reconhecer o papel da pessoa que não é só naturalmente chata, mas também a corajosamente chata ao ponto de criar constrangimento, quebrar expectativas, desafiar tudo que está estabelecido pra levantar debates. Intervir em situações e pensar: isso ofende alguém? Estamos sendo excludentes? Isso é necessário?

Leitura

A cada dia que passa, eu ainda me surpreendo de como sou mal interpretado, mesmo adaptando tudo que faço pro modo mais simplista possível. Algumas pessoas leem somente palavras, não formam ritmo, não formam frases, e precisam de mais tempo pra concluir alguma coisa - que nem sempre imprime sua intenção original. E isso é um puta de um problema chato. Na dúvida, mandem áudio! Recebam áudio!

Carlinhos terminou o ensino médio!

E eu ultimamente tenho pensado muito sobre o tempo. Esse pitiquinho aqui agora já é um rapaz de 18 anos, e eu não sei de mais nada! Não vou negar que tenho saudades de quando ele era meu irmãozinho, era levinho que dava pra levantar com facilidade, e que via Dragon Ball e Arqueiro Verde comigo!

Boa semana, pessoal!